historinhas

Fanfic da vida real: cumprimentando pessoas na rua

Lá estou eu no mercado. Estou no meio das compras, me encaminhando para o corredor de produtos de higiene quando de longe avisto, perto do caixa rápido, um conhecido. Estou olhando para o conhecido. O conhecido está olhando para mim. É uma pessoa que eu não conheço profundamente, nós não somos amigas, mas nos conhecemos. Muitas vezes eu já passei por essa pessoa sem notar que era ela e não cumprimentei. Dessa vez, eu aceno. O conhecido hesita uns segundos e acena de volta.

Começo a me sentir a Rainha do Oi. No mercado está tocando uma música que foi trilha sonora de novela dos anos 2000, mas na minha cabeça o som é de aplausos. Eu finalmente dei oi para o conhecido. Ando pelo corredor pensando que tipo de xampu os vitoriosos usam.

Estou tentando decidir entre duas marcas; embalagens na mão, cestinha no chão. Ouço um “oi” atrás de mim. Viro. É o meu conhecido. Sorrio. Respondo oi.

— Como você chama?

Ah, que sagaz o meu conhecido. Ele vai fazer a piadinha de que eu pareço até outra pessoa, cumprimentando e tudo. Dou risada e emito um sonoro “eu sei!!”.

— Você sabe, mas eu ainda não.

Começo a achar que o conhecido está indo longe demais com a piadinha. Ele parece meio sério. Confuso, até. Olho bem pra cara dele e começo a notar algumas coisas nas quais não tinha me atentado antes. Como por exemplo que a cara dele parecia ligeiramente diferente do que eu me lembrava. Meu sorriso amistoso lentamente vai se transformando em uma cara de dúvida.

— Renan?

Ele diz que não. O nome dele é Otávio. Eu não conheço nenhum Otávio. Meu rosto começa a se metamorfosear em uma máscara de constrangimento e desespero. Murmuro qualquer coisa sobre ter me confundido, ser míope, não entender direito a cultura local e começo a me distanciar a passos largos, os dois vidros de xampu na mão. Penso que se eu sair dali rápido o suficiente ele vai se esquecer do meu rosto assim como eu aparentemente me esqueço dos rostos dos outros. Quando já andei metade do corredor, ouço a mesma voz:

— Moça? Essa cesta aqui não é sua?

Os aplausos na minha cabeça pararam. Agora eu só ouço a música do mercado. É Love By Grace.

Advertisements

One thought on “Fanfic da vida real: cumprimentando pessoas na rua

Comente

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s