livros

Minhas escolhas para um desafio literário luxuoso

Em 2016 resolvi participar do Desafio Livrada. Embora eu tenha passado muito tempo pensando em que livros escolher para cada categoria, meio que não tive muito sucesso. Até comecei bem, mas acabei renegando umas quatro ou cinco categorias e apenas não lendo os livros.

Apesar disso, acho a ideia de ter um desafio literário para dar uma animada nas leituras uma boa ideia. E, nesse espírito, eu e Analu resolvemos criar nosso próprio desafio. São 12 categorias – uma para cada mês do ano, uma média decente e possível. Cada uma de nós escolheu seis categorias de forma completamente aleatória e depois selecionamos os livros com carinho (e muitas dúvidas de minha parte). Acredito que agora vai.

Eis as minhas escolhas:

1) Uma escolhe livro pra outra
Quando falo para meus amigos fazerem o desafio também, adapto essa categoria para “um livro indicado por quem te passou” (mais que um desafio, uma corrente); mas, a gente apenas indicou um livro para a outra mesmo. Por escolha de Analu, vou ler meu primeiro Elena Ferrante, “A amiga genial“.

2) Autor brasileiro contemporâneo
Tenho lido bem mais literatura nacional nos últimos anos e pretendo continuar assim, pois ótimas descobertas. Fiquei muito em dúvida do que selecionar para o desafio e acabei deixando entre “Noites de alface” (Vanessa Barbara) ou “Sinuca embaixo d’água” (Carol Bensimon).

3) Autor oriental
É agora que eu finalmente leio o Haruki Murakami! Pretendo começar por “1Q84” mesmo, só não posso prometer dar conta de todos os volumes no mesmo ano. A meta é o primeiro, pelo menos.

4) Um livro com capa vermelha
Certamente lerei outros livros com a capa vermelha ao longo do ano, mas o escolhido é “Vermelho amargo” (Bartolomeu Campos de Queirós).

5) Um livro com nome de bicho no título
Tenho duas opções para essa categoria. Primeiro, “A elegância do ouriço” (Muriel Barbery) que muito me indicaram e fiquei bastante curiosa. A outra é “O último voo do flamingo“, pois acredito que não há como errar com Mia Couto.

6) Um livro lançado no ano em que você nasceu
Nasci em 1993 e descobri que esse não foi um ano fácil para a literatura. Vários autores que consultei na esperança de encontrar um livrinho lançaram livros em 1992 e 1994, deixando 93 como ano de férias ou qualquer coisa assim. Depois de muito sofrimento, adotei “Lituma nos Andes” (Mario Vargas Llosa).

7) Um livro com mais de 500 páginas
Também fiquei em dúvida na hora de escolher meu calhamaço do ano. Com muito otimismo no coração, espero dar conta de ler os dois. Quem sabe? Vou de “Os miseráveis” (Victor Hugo) ou “O pintassilgo” (Donna Tartt).

8) Um livro narrado por uma criança
Essa é uma categoria que eu acho que ainda pode ter mudanças, porque não tava conseguindo pensar em nada na hora que escolhi e boas oportunidades podem surgir. Porém, o escolhido foi “O diário de uma princesa improvável” (Meg Cabot), que me deixou bastante curiosa para saber se segue a maravilhosidade da série de origem.

9) Uma HQ
Mais uma escolha dupla: “Retalhos” (Craig Thompson) ou “Cachalote” (Daniel Galera), o único do Galera que ainda não li.

10) Um livro de não-ficção
Li bastante não-ficção em 2016, o que era algo que eu não tinha o hábito de fazer. Para o ano que vem, espero ler vários, pois curti. Os escolhidos para o desafio foram “Eu sou Malala” (Malala Yousafzai) ou “Vozes de Tchernóbil” (Svetlana Alexievich).

11) Um Saramago
Cês acreditam que eu nunca li José Saramago? Uma vergonha, eu sei. Fiquei feliz de ter esse empurrãozinho e pretendo dar conta de “As intermitências da morte” ou “Ensaio sobre a cegueira“.

12) Um livro lido por Rory Gilmore
A lista de livros citados em Gilmore Girls e lidos pela Rory é gigantesca. Ao invés de me jogar no Rory Gilmore Book Challenge que circula pela webs, escolherei apenas um para o desafio. Como a lista era grande, fiquei interessada em mais de um e acabei escolhendo três: “A redoma de vidro” (Sylvia Plath), “Reparação” (Ian McEwan) e “O poderoso chefão” (Mario Puzo). Talvez eu leia os três?

Sim, a gente chama o desafio de luxuoso.

Para conferir as escolhas da Analu, segue o vídeo da moça:

Que 2017 traga boas leituras e sucesso!!!!!!

Advertisements

13 thoughts on “Minhas escolhas para um desafio literário luxuoso

    1. Oi Barbara! É bom decidir algumas coisas, né? Não sou muito organizada e acabo lendo muito por impulso, mas vou me esforçar pra cumprir o desafio dessa vez. Se quiser adotar o desafio, esteja convidada! hahaha

      Like

  1. Oi, Karina! Tudo bem?
    Que interessante seu desafio! Tenho lido bem menos do que gostaria, chega a ser vergonhoso. Me diz uma coisa, como você seleciona os livros de cada categoria? Faz uma pesquisa ou já tem uns em mente?

    Gostaria de adotar esse desafio mas não faço a menor ideia de onde começar! :D

    Obrigada!

    Like

    1. Oi, Larissa!
      Primeiro, eu tento encaixar livros que eu já tinha algum interesse em ler. Se não consigo pensar em nada (como no caso do livro lançado em 1993), aí eu pesquiso. Nas pesquisas, sempre tento começar com autores que já li e gosto, que tenho vontade de ler ou pegar coisas que já me indicaram.
      Se resolver fazer o desafio, me conta as suas escolhas! :D

      Like

      1. Poxa, faz muito sentido. Vou procurar seguir esse critério, também.
        Acho que em algumas categorias, vamos ler os mesmos livros! hahah :D Você vai compartilhar com a gente também quais foram suas indicações para a Analu? Beijos!

        Like

  2. Oba! HAHAHAH A Analu vai gravar um vídeo falando das escolhas dela, mas adianto que o que eu indiquei para ela foi Middlesex, do Jeffrey Eugenides.

    Like

  3. Que legal, Kah! Nem sabia que você tava no desafio Livrada também (ou sabia?)! Eu também cheguei a escolher os livros e comecei bem, mas depois fui sendo relapso e acabou que não consegui cumprir. :(
    Mas também achei uma boa ideia e achei ótimo o desafio a que vocês se propuseram! Tomara que você consiga cumpri-lo com muito êxito! o/
    E, ah, muito feliz que você vai ler 1Q84! <3 Eu adoro a trilogia e espero sinceramente que você goste (ele meio que divide opiniões hehe). Depois que eu li o primeiro, não consegui parar até terminar, já aviso!
    Muitos dos que você listou estão igualmente na minha fila para serem lidos (e eu espero conseguir em 2017), como Vermelho amargo, A elegância do ouriço, Os miseráveis (<3), O pintassilgo, Retalhos, Eu sou Malala, A reparação e A redoma de vidro. Ufa! Será que a gente consegue?
    Se quiser ler em conjunto algum desses, é só chamar que eu tô topando, ok? :)
    Beijão

    Like

  4. Sobre o número 5, “O Último Voo do Flamingo” é meu livro preferido dele! Se você já gosta do autor, como disse que não há como errar, com certeza irá amar. :) É um livro muito delicado, um sonho.
    Já falei sobre esse livro no meu blog, e algumas de suas interpretações. Esta semana tb falei sobre um livro infantil dele mágico, sobre medos. “O Gato e o Escuro”. Muito doce, mto necessário!!
    Dê uma passadinha, se desejar :)
    http://1pedranocaminho.wordpress.com
    Bjos e boas leituras!!
    Val

    Like

Comente

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s